Contatos: (11) 2609-7574 - E-mail: saopedroapostolo@santoamaro.org.br

Horários de Missas: Terça e Quinta às 20h | Sábado às 17h | Domingo às 8h, 9h30, 11h e 19h

End: Rua: Prof. Guilherme Belfort Sabino, 953 – Vila São Pedro - 04678-001 - São Paulo, SP

artigos › 26/10/2017

Reconciliação: é o amor de Cristo que nos move (2 Cor. 5, 14-20)

No dia 31 de outubro, muitos cristãos e muitas comunidades cristãs vão comemorar juntas o 5º centenário da Reforma. Esta frase de São Paulo que serviu de inspiração para a Semana de Oração ela Unidade dos Cristãos deste ano e por isso mesmo de preparação para este aniversário marca a tônica e a proposta que como cristãos ministros da reconciliação e da paz desejamos testemunhar.

Trata-se de compreender e purificar a memória, reconhecendo as limitações, erros e pecados que nos levaram ao conflito entre irmãos, mas também de vislumbrar com alegria os passos, avanços rumo a uma comunhão mais plena. Olhar para o passado com uma abertura e visão mais ampla, mas caminhar juntos no presente para construirmos com o Espírito Santo de Unidade e Concórdia, um mundo mais humano, afirmando que a vida não está à venda, que a Criação não está à venda, que a graça não é moeda de troca. Na verdade a Reforma é um processo permanente (Ecclesia semper reformanda), que envolveu a muitos cristãos em diferentes épocas: Bento de Nurcia, Gregório VII, Francisco de Assis, Ignácio de Loyola, e o próprio Martinho Lutero que foi chamado pelo Papa São João Paulo II, de servo da fé.

O importante é retomar o projeto de unidade dos cristãos explícito na Oração Sacerdotal de Cristo, colocando-nos a serviço da justiça do Reino, testemunhando juntos a misericórdia, graça, e a bondade infinitas de um Deus que é Pai de todos(as) e ânsia por uma família humana reunida e reconciliada no seu amor. Que as dores e divisões de ontem nos auxiliem para a mudança de atitude, aproximando-nos no diálogo, na fraternidade, no serviço aos pobres e na prece comum. Olhar o passado a luz da Tua Vontade Senhor, que reclama por reconciliação e perdão, é fundamental, para que a paz, o entendimento e a caridade fraterna, estejam conosco e se estendam por toda a Terra, podendo assim proclamar as maravilhas e portentos da vossa graça. Deus seja louvado!

Por Dom Roberto Francisco Ferreria Paz – Bispo de Campos (RJ)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *